Quarta, 23 Julho 2014  
 Home
 Quem Somos
 Contrate Nossos Serviços
 Manchete do Dia
 Verão 2014 Sobre Motos
 Feira de Paris 2013 P1
 Tokio Motor Show 2013 P2
 Tokio Motor Show 2013 P3
 Feira EICMA 2013 Parte 4
 Feira EICMA 2013 Parte 5
 TV "Sobre Motos"
 Sala Bate Papo Sobre Motos
 Concursos e Promoções
 Coberturas Especiais
 "SobreMotos"
 Instituto SobreMotos
 Revista Sobre Motos
 Lançamentos Especiais
 Motos
 Motos Custom e Chopper
 Motos Off-road e Dual
 Scooters & CUBs
 Eventos, Feiras e Salões
 Moto GP
 Superbike
 Motocross, Super e Minicross
 Motovelocidade
 Enduro Cross e Country
 Veloterra - Velocross
 Supermoto
 Arrancadão
 Moto Testes
 Revendas e Serviços
 Notícias Internacionais
 Notícias Internacionais 1
 Moto Turismo
 Encontros
 Moto Grupos
 Entrevistas Exclusivas
 Pessoas
 Confraria das Mulheres
 Belas e Belos das Motos
 "Buzina" dos Leitores
 Mercado Motociclístico
 Cursos e Dias de Pista
 Roupas e Acessórios
 Dicas e Matérias Técnicas
 Segurança e Legislação
 Livros,Games,Músicas,Filmes
 Pontos de Encontro
 Viagens, Aventuras e Trilhas
 Resultados de Enquetes
 Motos Curiosas e Diferentes
 Triciclos, Quadriciclos e Jets
 Motos Clássicas
 Bicicletas e e-Bikes
 Agenda do RS
 Agenda de SC
 Agenda Nacional
 Galerias de Fotos
 Perguntas dos Leitores
 Campanhas e Ações Sociais
 Ofertas Especiais
 Classificados de Acessórios
 Vídeos Interessantes
 Fale Conosco
 Cadastro Moto Grupos
 RSS Feeds
 Wireless Access






E N Q U E T E


O Senado aprovou projeto que obrigará o uso de colete airbag e outros itens de proteção para motociclistas, o que você acha disso?

Acho que os motociclistas devem mesmo trajar colete airbag e outros equipamentos de proteção

Acho que apenas o capacete já é suficiente

Acho que, além do capacete, apenas luvas deveriam também ser obrigatórias

Deveriam ser obrigatórios apenas: Capacetes, luvas e botas

Deveriam ser obrigatórios apenas: Capacetes, luvas, botas e calças especiais

Deveriam ser obrigatórios: Capacetes, luvas, botas, calças e jaquetas especiais





Links Interessantes

 
"Buzina" dos Leitores
 Printer-Friendly VersionPrinter-Friendly Version
Acidentes com Motos

 Imagens Imagens
Acidentes com motos aumentaram muito em função do aumento geral da frota de carros e motos e se proteger adequadamente é que devem fazer os motociclistas para evitar lesões.
Acidentes com motos aumentaram muito em função do aumento geral da frota de carros e motos e se proteger adequadamente é que devem fazer os motociclistas para evitar lesões.


Nas cidades, via de regra, os motociclistas estão mal protegidos ou usando inadequadamente os equipamentos de proteção.
Nas cidades, via de regra, os motociclistas estão mal protegidos ou usando inadequadamente os equipamentos de proteção.


Marcelo Carneiro moveu uma ação contra a Federação Paulista de Motociclismo por tê-lo abandonado em uma prova com uma fratura exposta.
Marcelo Carneiro moveu uma ação contra a Federação Paulista de Motociclismo por tê-lo abandonado em uma prova com uma fratura exposta.


Noticias confirmam a necessidade do uso de equipamentos de proteção individual.
Noticias confirmam a necessidade do uso de equipamentos de proteção individual.

By Marcelo Carneiro, Clique no nome do autor ao lado para comentar.

Segunda, 4 Agosto 2008

Fico triste pelo acidente com o Jaime Nazário (colunista de www.sobremotos.com.br), e feliz por que dos males, o menor. Neste caso temos que extrair do negativo o positivo.

Que este fato sirva para vocês que trabalham de uma maneira muito competente no meio da informação (revista eletrônica) possam sensibilizar e conscientizar os motociclistas sobre este tema de extrema importância. Gostaria de parabenizá-los pelo excelente trabalho.

Sou piloto de Rally, Motocross, Supercross, Enduro e Supermotard. Com algumas vitorias e títulos ao longo da minha carreira de piloto.

Já sofri três internações sérias. Sei o que é cair de moto. Como moto turista e motociclista urbano, bem como apaixonado pelo veículo do futuro, posso dizer que, ao longo do tempo e das experiências adquiridas, mudei muito a minha visão sobre motos.

Movi uma ação contra a Federação Paulista de Motociclismo por me abandonar em uma prova com uma fratura exposta. A justiça foi feita, porém será que vai mudar alguma coisa? Ou os dirigentes destas entidades vão continuar pensando no seu bolso e não no maior patrimônio (pilotos) de uma federação com suas respectivas vidas?

No meu último acidente, estava treinando para o campeonato brasileiro de CRF 490.

Ao voltar de um salto grande, comecei uma curva forte para uma descida de aproximadamente uns 70 km, quando o pneu saiu da roda dianteira. Quem me viu sendo catapultado da moto pensou: O Marcelo morreu!

Graças ao bom Deus e ao equipamento Air Bag, nada sofri. Não só do primeiro impacto como da conseqüência de impactos subseqüentes. Neste dia, tive eu que dar um testemunho da eficácia do sistema para o seu inventor no Japão. As testemunhas que presenciaram a cena ficaram bem impressionadas.

Atualmente este produto tem resguardado vidas e minimizado impactos no mundo inteiro. A pedidos da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, montamos uma aula ministrada por mim na USP, para médicos dedicados à medicina preventiva no tráfego sobre duas rodas.

Sei o que o Jaime sofreu, pois quase bati em dois cachorros a 180km/hora. Simplesmente foi de novo Deus que me salvou, apenas um susto, porém já temos uma tecnologia para estes problemas.

Abaixo seguem algumas informações:

Em São Paulo morrem 3 Motoboys por dia, com mais de 136 remoções feitas pelo corpo de bombeiros (fonte CET/Bombeiros).

Sem falar no gasto de mais de R$300 milhões de reais por ano, só em remoções com um custo de U$1.500,00 dólares (fonte HC/Ipea).  

Segundo o Hospital das Clinicas (HC), 24% dos motociclistas internados uma semana,geram um custo médio de R$38 mil.

Só no HC, o custo de internações e atendimentos simples para motoboys geram um custo de R$1,16 milhão por mês e R$13,92 milhões por ano.

Para as internações com mais de dez dias de permanência (acidentes graves), o custo chega a R$ 250.000,00. (fonte SUS)

Impressiona ainda a estatística da USP que mostra que 90% dos acidentes graves e/ou com mortes envolvem condutores entre 20 e 29 anos, que já deixam, na maioria das vezes, esposa e filhos.

Dezoito pessoas morrem por dia no Brasil em acidentes de motos, apenas se registra a morte ocorrida na pista, e não os que morrem no trajeto para o hospital e depois do acidente. (fonte O Globo)

A literatura consultada e a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego apontam para uma redução grande do número de mortos em sinistros, quando há o correto uso do colete inflável, ou seja,  aproximadamente mais de 70% de redução de mortalidade, com expressiva redução da morbidade (danos muitas vezes irreversíveis dos condutores) como paraplegia e tetraplégica.

Gastos em acidentes de trânsito

Nestes gastos estão incluidos: Unidades de Resgates Bombeiros, Resgates SUS, UTIs, remoção aérea (utilização do helicóptero da PM o Águia), Internações, Cirurgias, reabilitações , fisioterapia e outras despesas referentes a atendimentos e procedimentos emergenciais.

Para uma comparação, só a secretaria de saúde tem uma verba anual por volta de 100 milhões.

Concluímos que os motociclistas (motoboys) estão gerando uma despesa gigantesca e absurda.

ACIDENTES DE MOTO  -  Estudos dos pacientes internados no município de São Paulo

Segmentos corpóreos mais atingidos nos que sobreviveram:

- membros inferiores   55,5%
- membros superiores  20,1%
- cabeça 12,7%

Segmentos corpóreos mais atingidos nos que morreram:

- cabeça 48%
- membros inferiores 12,9%
- multiplas regiões (trauma no tórax, abdomem e coluna)  35,5%  

Há estudos que indicam o tórax como uma das regiões mais atingidas, por existir sob a cabeça do condutor de motocicleta uma obrigatoriedade, lei, que é a do uso de capacete.

Fazendo a obrigatoriedade do uso do “colete” rapidamente iria diminuir os óbitos existentes hoje.

Com uma simples matemática com o uso do capacete e colete air bag, teremos um percentual baixo de óbitos, apenas nos membros inferiores, que hoje se limita à 13% .

Atualmente são aproximadamente 2,5 mortes envolvendo motoboys na cidade de São Paulo, e esses dados estatístico são com óbito no asfalto, não entram, os óbitos no trajeto do hospital, na unidade de resgate, após ou durante as cirurgias e, até mesmo, após semanas do acidente. Isso tudo sem contar com os acidentados que ficam paraplégicos ou tetraplégicos para o restos de suas vidas.

As estatísticas não contam com acidentados atendidos por convênios e muitas vezes as pequenas e médias escoriações nem são dadas em entradas em hospitais com um simples tombo.

28 Bilhões de Reais por ano ...

500 mil Pessoas se envolvem em acidentes

35 mil morrem

Motos – nos últimos 10 anos a frota dobrou.

Taxa de mortalidade aumentou mais de 500% = 5.000 mortos por ano

Caso de Saúde Pública – Sistema Único de Saúde  (SUS)

Por ano 100.000 pessoas sofrem seqüelas permanentes.

Por ano  4.000 com seqüelas graves (Tetraplegia / Paraplegia).

Acidentes com motos são considerados 42% dos casos (Paraplegia / Tetraplegia).


Marcelo Carneiro

Fotos: Marcelo Carneiro




Natusfera

Mauro Motos Car

GGF Assist Técnica Multimarcas

Sobremotos Express

Ducati Porto Alegre

Mototech

Cadastre-se em

"SOBRE MOTOS"


Saiba antes tudo sobre motos !

Cadastre seu email:

   
News Website
By Solupress


Agência de conteúdo SobreMotos F: (51) 3061.4030 ou (48) 3371.7234

Termos de Serviço | Políticas de Privacidade | Contate-nos
Wireless Access  Wireless Access

RSS Feeds  RSS Feeds