Domingo, 23 Novembro 2014  
 Home
 Quem Somos
 Contrate Nossos Serviços
 Manchete do Dia
 Verão 2014 Sobre Motos
 Feira EICMA 2014
 Feira EICMA 2014 P2
 Feira EICMA 2014 P3
 Feira EICMA 2014 P4
 Feira EICMA 2014 P5
 TV "Sobre Motos"
 Sala Bate Papo Sobre Motos
 Concursos e Promoções
 Coberturas Especiais
 "SobreMotos"
 Instituto SobreMotos
 Revista Sobre Motos
 Lançamentos Especiais
 Motos
 Motos Custom e Chopper
 Motos Off-road e Dual
 Scooters & CUBs
 Eventos, Feiras e Salões
 Moto GP
 Superbike
 Motocross, Super e Minicross
 Motovelocidade
 Enduro Cross e Country
 Veloterra - Velocross
 Supermoto
 Arrancadão
 Moto Testes
 Revendas e Serviços
 Notícias Internacionais
 Notícias Internacionais 1
 Moto Turismo
 Encontros
 Moto Grupos
 Entrevistas Exclusivas
 Pessoas
 Confraria das Mulheres
 Belas e Belos das Motos
 "Buzina" dos Leitores
 Mercado Motociclístico
 Cursos e Dias de Pista
 Roupas e Acessórios
 Dicas e Matérias Técnicas
 Segurança e Legislação
 Livros,Games,Músicas,Filmes
 Pontos de Encontro
 Viagens, Aventuras e Trilhas
 Resultados de Enquetes
 Motos Curiosas e Diferentes
 Triciclos, Quadriciclos e Jets
 Motos Clássicas
 Bicicletas e e-Bikes
 Agenda do RS
 Agenda de SC
 Agenda Nacional
 Galerias de Fotos
 Perguntas dos Leitores
 Campanhas e Ações Sociais
 Ofertas Especiais
 Classificados de Acessórios
 Vídeos Interessantes
 Fale Conosco
 Cadastro Moto Grupos
 RSS Feeds
 Wireless Access






E N Q U E T E


O Senado aprovou projeto que obrigará o uso de colete airbag e outros itens de proteção para motociclistas, o que você acha disso?

Acho que os motociclistas devem mesmo trajar colete airbag e outros equipamentos de proteção

Acho que apenas o capacete já é suficiente

Acho que, além do capacete, apenas luvas deveriam também ser obrigatórias

Deveriam ser obrigatórios apenas: Capacetes, luvas e botas

Deveriam ser obrigatórios apenas: Capacetes, luvas, botas e calças especiais

Deveriam ser obrigatórios: Capacetes, luvas, botas, calças e jaquetas especiais




OS 10 ARTIGOS MAIS LIDOS EM JULHO/2014

* Clique no título do artigo para acesso rápido

01) Conhecendo o Sistema Elétrico da Moto - Parte 1

02) Primeira mão! Honda revela a nova CB 300F para o mundo

03) É necessário emplacar uma "cinquentinha"? Precisa ter habilitação?

04) Escape Esportivo Aumenta a Velocidade Final?

05) Yamaha anuncia a versão 2.0 da FZ e FZ-S

06) Nova Cinquentinha da Shineray já está nas Lojas

07) O que ninguém ensina: Momento ideal de troca de marcha

08) Primeira mão! Honda surpreende e lança a nova CB 250F no Japão

09) Suzuki prepara o lançamento da nova GSR 1000 2015

10) Bomba ! Quanto custa importar uma moto?


 
Moto Testes
 Printer-Friendly VersionPrinter-Friendly Version
Honda CG 125 Fan KS ou Yamaha Factor YBR 125 K

 Imagens Imagens
Comparamos as duas principais 125 do mercado brasileiro.
Comparamos as duas principais 125 do mercado brasileiro.


A CG 125 Fan está disponível nas cores de vermelho, azul e preto.
A CG 125 Fan está disponível nas cores de vermelho, azul e preto.


A CG 125 Fan é considerada mais resistente e de menor custo de manutenção pelos motoboys.
A CG 125 Fan é considerada mais resistente e de menor custo de manutenção pelos motoboys.


Um fator importante é que a CG 125 Fan tem menor preço de aquisição, quase R$500,00 menos.
Um fator importante é que a CG 125 Fan tem menor preço de aquisição, quase R$500,00 menos.


A Yamaha Factor YBR 125 tem estilo mais moderno e agradável.
A Yamaha Factor YBR 125 tem estilo mais moderno e agradável.


No trânsito, em baixos regimes de giro, para arrancar e retomar velocidade, a YBR levou uma pequena vantagem.
No trânsito, em baixos regimes de giro, para arrancar e retomar velocidade, a YBR levou uma pequena vantagem.


A YBR 125 demonstrou ser mais confortável para o piloto.
A YBR 125 demonstrou ser mais confortável para o piloto.


O painel da Factor YBR é um pouco mais atraente e tem hodômetro parcial que o da Honda não tem.
O painel da Factor YBR é um pouco mais atraente e tem hodômetro parcial que o da Honda não tem.

By Equipe Sobremotos, Clique no nome do autor ao lado para comentar.

Quinta, 15 Julho 2010

O segmento de mercado das motos de 125 cilindradas é extremamente atrativo em termos de volume de vendas e os modelos das duas principais marcas do Brasil, Honda e Yamaha, ainda são considerados os mais adequados para se colocar em trabalho, embora a própria Honda e outros fabricantes estejam oferecendo atraentes ofertas em motos de 150 cilindradas.

As motos de 125 cilindradas da Honda e Yamaha podem não ser muito requintadas, nem possuir muitos acessórios, mas são consideradas as mais robustas e confiáveis na hora de enfrentar o árduo trabalho diário de entregas expressas, carregamento de pequenas cargas e transporte de pessoas como moto-táxi. Também são tidas como as mais econômicas para quem busca somente ir e vir entre casa, trabalho e escola.

Toda essa fama tem razão de ser, pois lá se vão algumas décadas que estes fabricantes vem desenvolvendo e aprimorando seus produtos para as peculiaridades do mercado brasileiro. As motos de 125 cilindradas da Honda e da Yamaha dispensam maiores explicações e apresentações, de cara são tidas como boas.

Mas qual será a melhor entre estas duas guerreiras?

A definição de melhor pode abarcar vários critérios, vamos aqui explorar apenas alguns.

Honda CG 125 Fan KS e Yamaha Factor YBR 125 K

Para efeitos comparativos, pegamos as duas versões de entrada de linha dos modelos em questão: a Honda CG 125 Fan KS e a Yamaha Factor YBR 125 K, ambas com partida apenas por pedal e sem freio a disco, as mais básicas e baratas de cada marca.

Estilo

Embora simples e despojadas, as duas agradam no estilo que adotam, mas bem que podiam ser mais modernas. A CG 125 Fan está visualmente igual faz bastante tempo, mas assumiu uma nova rabeta que lhe conferiu ares mais esportivos e, na verdade, é quase a mesma antiga Titan.

A Factor, por sua vez, caiu bem no gosto brasileiro. Lançada em 2008, as aletas laterais do tanque lhe proporcionaram um aspecto um pouco mais encorpado e moderno. O paralama dianteiro é mais esportivo, o suporte cromado do farol dá um pequeno toque extra de elegância e a ponteira do escapamento é mais estilosa. Nas duas, o painel de instrumentos é simples, mas o da Factor tem hodômetro parcial e marcador de combustível a mais do que o da Honda, e ainda cavalete central e botão lampejador do farol.

Desempenho

A CG 125 Fan recebeu o mesmo comando OHC que era da Titan e sua potência máxima é de 11,6 CV para um peso (seco) de apenas 108,9 Kg, ou seja, possui uma relação peso/potência de 9,4 Kg/CV enquanto a Factor YBR 125 tem potência máxima de 11,2 CV com peso de 110 Kg, relação de 9,8 Kg/CV. Parece pouco, mas acelerando é possível perceber que a Honda é um pouco mais “despachada”, parecendo pedir pra levantar mais o giro do que a moto da Yamaha, a qual, por sua vez, parece render melhor em baixos regimes, arrancando e retomando velocidade ligeiramente melhor e com menos vibração.

Consumo

No “tranco” das cidades engarrafadas, cheias de faróis, freadas bruscas e retomadas rápidas de velocidade, as duas apresentam consumo bem próximo, variando entre 30 e 36 Km/litro. É difícil precisar qual é a mais econômica em condições reais de uso, mesmo em contato com vários motoboys não há um senso predominante sobre este critério.

Robustez, confiabilidade e manutenção

Por outro lado, no tocante a confiabilidade da moto, durabilidade e custo de manutenção, o mesmo contato feito com os motoboys revelou uma predileção pelo modelo da Honda. A maioria alega que a CG 125 Fan estraga menos e, quando estraga, a disponibilidade de peças é maior e o valor destas é menor. É compreensível receber este retorno, pois, afinal de contas, a CG 125 Fan vende mais unidades do que a Factor YBR 125, portanto pode desfrutar de uma melhor economia de escala na produção de seus componentes e, ainda, tem uma rede de revendas maior, sendo, com efeito, mais facilmente encontrável pelo Brasil.

Ciclística

As duas motos são leves e ágeis. A altura do assento ao solo é a mesma nas duas, 780mm, mas a CG sugere ser um pouco mais esportiva, enquanto a YBR se revela mais confortável. Na YBR a postura de conduzir é mais ereta, pois o guidão é mais elevado e o posicionamento da pedaleira é um pouco mais avançado. Já o garupa se sente melhor na CG, pois o assento para este é um pouco mais elevado e as alças são mais fáceis de serem agarradas, o acompanhante pode dispor de mais visibilidade e melhor firmeza.

Chassi, suspensão, freios e pneus são praticamente iguais e não chegam a fazer diferença entre uma e outra.

Preço

A moto da Honda é mais barata, tendo preço sugerido (base São Paulo, sem frete, seguro ou impostos) de R$ 5.140,00 contra R$ 5.600,00 da Yamaha, são R$460,00 menos. É claro que este preço é maior na concessionária e os preços das duas motos para o consumidor podem chegar iguais ou muito próximos, dependendo da cidade ou das concessionárias em que uma pesquisa de preços for feita. De qualquer forma, a regra geral é encontrar a CG com menor preço, suficiente para quase pagar o licenciamento da moto ou para instalar bagageiro e bauleto para uso no dia-a-dia.

Conclusão

A definição de melhor sempre tem uma aspecto subjetivo bastante forte quando são avaliados dois produtos de qualidade muito próxima. No final das contas, o que acaba prevalecendo mesmo é o gosto pessoal mais inclinado para uma do que para outra. Mesmo assim, se pode constatar que:

A Honda CG 125 Fan KS tem como principais pontos de destaque o menor preço de aquisição e manutenção e uma maior robustez e confiabilidade. Características que, para uso profissional, lhe tornam mais apropriada.

A Yamaha Factor YBR125 K leva vantagem no estilo, no conforto e no desempenho em baixos regimes, mais comuns no tráfego urbano. Estas qualidades lhe fazem ser um pouco mais apreciável para um uso alternativo ao transporte público.


Fotos: Divulgação








Tedesco Motors

Ducati Porto Alegre

Natusfera

Mototech

GGF Assist Técnica Multimarcas

Sobremotos Express

Cadastre-se em

"SOBRE MOTOS"


Saiba antes tudo sobre motos !

Cadastre seu email:

   
News Website
By Solupress


Agência de conteúdo SobreMotos F: (51) 3061.4030 ou (48) 3371.7234

Termos de Serviço | Políticas de Privacidade | Contate-nos
Wireless Access  Wireless Access

RSS Feeds  RSS Feeds